Pequenos detalhes do novo Outlook e a confusão na migração de contas do Hotmail

O novo Outlook é um charme: bonito, rápido e com usabilidade caprichada, é o exato oposto do Hotmail. Desde a sua liberação, anteontem, estamos brincando bastante com os novos recursos do webmail. Veja alguns detalhes que talvez tenham passado batido por você e uma pequena bronca com a confusa migração Hotmail > Outlook. Não dá para acertar em tudo, né?

 Os serviços web da Microsoft estão sofrendo uma mudança grande, mas ainda faltam algumas coisas passarem por esse facelift — como o SkyDrive, Calendário e o seu “perfil” do Windows Live que, para todos os efeitos, é o mesmo usado pelo Outlook e demais propriedades web da Conta Microsoft. Mas outras já estão adaptadas, como o gerenciamento de contatos, acessível por aquela seta ao lado do logo do Outlook, ou pelo velho e ainda funcional people.live.com.

O gerenciamento de contatos da Microsoft na web lembra muito o app Pessoas, do Windows 8/Windows Phone. Ele mistura tudo das suas contas vinculadas — Facebook, Twitter, LinkedIn, Google —, e permite mesclar perfis diferentes de uma mesma pessoa em um só contato. O layout é bem bonito e fácil de usar, tal qual o do Outlook, e pode-se dizer que a Microsoft fez outro golaço aqui, integrando tudo bonitinho.

Oi Felipe!

Outra novidade são os históricos de conversas que agora podem ser salvos na nuvem, uma velha reivindicação dos usuários que, enfim, foi atendida. A opção vem desmarcada por padrão, mas é facilmente ativada nas configurações do Outlook — clique no ícone da engrenagem, vá em “Mais configurações de email”, depois em “Histórico de mensagens”, selecione “Salvar mensagens instantâneas.”

Ele grava todas as mensagens trocadas tanto na rede da Microsoft/Messenger, quanto no Facebook (e, espera-se, também no Skype, quando ele for finalmente integrado). Em relação aos apps compatíveis, funciona com o web, do Windows 8 e Windows Phone. Há um pequeno atraso entre o envio e recebimento de mensagens e a aparição delas no histórico, mas funciona. Para ver seus bate-papos antigos, clique na pasta “Histórico de mensagens,” no Outlook.

Bate-papo no Outlook.

O que não ficou legal, porém, foi o confuso sistema de migração de contas. Ao G1, Brian Hall, gerente-geral do Outlook, explicou:

“Os usuários poderão usar o e-mail antigo ‘@hotmail.com’ na nova conta ‘@outlook.com’, bastando atrelar as duas. Quem preferir, poderá usar normalmente a conta do Hotmail. Nosso objetivo agora é ver a utilização da novidade pelos usuários, ver o que gostam e o que não gostam para poder melhorarmos o serviço. Quem fizer a mudança não perderá nenhum dado como e-mails e contatos. Estamos ouvindo nossos usuários para ver o que eles pedem e, desse modo, melhorar o Outlook.”

Os relatos sobre esse processo são mistos. Aparentemente, existem duas formas unir um endereço antigo @hotmail.com ou @live.com ao novo @outlook.com:

  • Vinculação: acessível por este link, através dessa o usuário pode acrescentar outras Contas Microsoft à sua e alternar entre elas rapidamente pelo menu do usuário, no canto superior direito da tela. O conteúdo das contas não se mistura, apenas a alternância entre elas é mais fácil — e dispensa a digitação de senha a toda hora;
  • Migração: passa o conteúdo de uma conta velha para um novo email @outlook.com — e aí vai tudo para o “novo lar”: contatos, mensagens, redes sociais conectadas. O email antigo continua funcionando, mas cai na caixa de entrada do novo.

Ontem fizemos um debate sobre isso no Twitter. O Eudes Rodrigo disse que bastava logar no outlook.com usando o endereço antigo para fazer a atualização. Legal, deve funcionar, mas e para quem  criou um @outlook.com antes disso? Aparentemente, isso faz com que se perca a opção de migrar a conta. Aconteceu comigo. Fuén.

Ainda que funcione de outra forma (e, se for o caso, de outra forma muitíssimo obscura/escondida), todo o processo ficou confuso e pouco intuitivo, um contrassenso com o Outlook em si — fácil de entender e funcional. E mesmo quem conseguiu teve problemas; um amigo perdeu seu endereço @hotmail.com e todos os contatos nessa brincadeira de migrar para o endereço @outlook.com. Uma pena a Microsoft não tenha trabalhado bem esse aspecto tão crucial da experiência. Se serve de consolo, ainda há tempo de consertar as coisas, afinal, trata-se de um “preview” do Outlook.

A propósito, para quem usa o Gmail e quer experimentar o Outlook, tem um passo-a-passo da própria Microsoft, aqui, explicando como replicar as mensagens do endereço do Google para o novo serviço. Caso não goste ou queira voltar para o Gmail, as mensagens continuarão todas lá. [LiveSideG1]

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s