Afinal, de quem é a culpa?

Antes de começar este texto, eu devo dizer que não sou feminista e tenho minhas próprias causas, por favor, sem alardes por causa disso ;)

Acabei de ver uma reportagem no site do Catraca livre que mostrava um tumblr que publicava fotos de mulheres no momento em que elas foram assediadas. Vestido, saia longa ou curta, camiseta, shorts, calça larga ou apertada, hijab, burca ou pijama, não importa. Todas essas mulheres foram assediadas e nada tinha a ver com a forma que elas estavam arrumadas.

Logo, podemos concluir que a culpa não é da mulher certo? Parece obvio, mas existe uma pá de homens que acham isso, se sentem no direito de falar o que querem como se nossos ouvidos fossem penico ou como se fossemos apenas um pedaço de carne andando por aí.

Ela estava usando um decote? Ela estava com roupa justa? Ela é gostosa? Ela estava bem arrumada? Ela estava de vestido longo e rosto coberto? Nada disso é justificativa para falta de respeito, disso todo mundo já sabe mas, me parece que muitos homens se esquecem disso.

Bom, desde que me mudei eu desço do ônibus em um bairro próximo de casa e espero minha mãe ir me buscar. Fico esperando ela cerca de 5 minutos. Vira e mexe um cara passa e dá uma cantada. Sim, depois de um dia longo de trabalho ninguém é muito apresentável, as roupas que uso são todas “normais” vulgo, calça jeans e camiseta, mas mesmo assim tem um infeliz que ainda se acha no direito de gritar “fiu, fiu” para mim na rua.

Eu sei que esse assunto é muito delicado, é claro que tem mulher que realmente gosta do assédio (sim, existe), que tem a menina que sai com o shorts mostrando a poupa da bunda (sem exagero, vi isso ontem), há mulheres que vai para o trabalho como se fosse para uma balada (já vi também, tipo pra balada mesmo), acho que o ambiente pede uma roupa mais formal, por que né. Mas também tem o cara que sai com a calça que mostra metade da bunda ou que vai a todos os lugares possíveis sem camisa só para mostrar os “músculos”, ninguém é obrigado a ver isso né? Mas o respeito, é bom prevalecer sempre.

Eu fiquei horrorizada com esses casos e mais um monte de outros casos registrados neste tumblr, sério gente, nós não somos obrigadas a isso!

“Quando eu continuei a ignorá-lo ele me chamou de “c *** gorda egoísta” e disse que ele estava apenas “tentando dar a uma menina gorda um elogio e eu deveria me sentir grata.”
“Na minha religião, somos ensinadas a se vestir modestamente para nos proteger de homens. Nós somos ensinadas que as coisas que valorizamos são as coisas exatas e que devemos manter a segurança. É por isso que muitas mulheres optam por usar o hijab. Infelizmente, isso nem sempre funciona.”
“Eu estava andando pela Broad St., em Philly voltando de um show com o meu namorado na época. Um carro parou e gritou “que bunda grande” e, em seguida, gritou para o meu namorado “você não está batendo direito”, eles, em seguida, atiraram garrafas em nós e tentou me convencer a entrar em seu carro.”
“Não importa que eu estava vestindo, uma saia curta com meias rendadas, eu não estava pedindo a minha bunda para ser elogiada e sexualizada.”
“Na semana passada eu fui com o meu filho até meu carro vestindo essa roupa (estava indo para uma entrevista de emprego) e fui chamada de “gata” por três vezes pelo mesmo “homem”. Meu filho estava comigo… Eu ignorei as chamadas. Eu não sou um cachorro. Eu não respondo a assobios “.
“No caminho de casa para o trabalho, um homem na linha vermelha de Chicago me disse: “Eu espero que você não seja uma homossexual porque você é uma coisa bonitinha e seria péssimo para um monte de homens” como se eu existisse para o mero prazer de um monte de homens. No caminho para o meu apartamento, alguém gritou da janela do carro: “Aposto que sua buc*** tem um gosto muito bom!”

Veja mais casos no Tumblr Stop The Cat Call

Aos aos homens que sabem respeitar as mulheres, parabéns continuem assim. 

Anúncios

7 comentários sobre “Afinal, de quem é a culpa?

  1. Acredito que, uma pessoa se sentir bem com uma roupa curta (seja por estilo, por causa do calor ou qualquer outra coisa) não é justificativa para o assédio. Ou ele não se chamaria assédio, oras. Ou “sair com uma saia mostrando a poupa da bunda” é dizer que você está livre e está dando consentimento para quem desejar passar a mão ou passar uma cantada desagradável?
    E se existem mulheres que “gostem de assédio” é porque ele não é assédio no caso delas, já que ela consente com esta forma de violência.

    E uma dúvida: você acredita que homens e mulheres podem ocupar os mesmos cargos no trabalho ou ter os mesmo direitos civis e sociais?

    Beijo*

    Curtir

    • Olá André, não acho que sair com uma saia mostrando a polpa da bunda seja motivo para assédio, falei isso no texto, porém, eu, Beatriz, não acho legal e não usaria, opinião pessoal.

      Sobre homens e mulheres ocuparem o mesmo cargo no trabalho, eu trabalho como suporte técnico em informática, mais especificamente na assistência técnica de computadores e periféricos, na minha repartição tenho mais 5 colegas homens, no nosso caso todos somos tratados como iguais, ou seja, faço o mesmo trabalho que eles, claro que certas coisas no meu limite de força e tal. Então, é claro que mulheres e homens podem dividir os mesmos cargos e devem, acho que cada pessoa deve trabalhar no que gosta independe do gênero.

      Sobre homens e mulheres terem os mesmos direitos civis e sociais é claro que tem que ser igual, oras, isso sem sombra de dúvidas, mais uma vez, o gênero aqui não deve influenciar.

      Obrigada pelo comentário,
      Beijos

      Curtir

      • Justamente! A roupa a ser usada é uma questão de opinião e não deve ser um tabu se sentir bem com poucos panos.

        E olha esse verbete do dicionário, que selecionei por causa do que você disse:
        Feminismo, S.M.
        1. Doutrina cujos preceitos indicam e defendem a igualdade de direitos entre mulheres e homens.
        2. Movimento que combate a desigualdade de direitos entre mulheres e homens.
        3. Ideologia que defende a igualdade, em todos os aspectos (social, político, econômico), entre homens e mulheres.
        (Etm. do francês: féminisme)

        Você é feminista, sim, e nem sabia ;)

        Curtir

      • André, eu defendo a igualdade entre qualquer tipo de pessoa, afinal todo mundo é igual. Não sou feminista, tenho minhas próprias causas em relação a isso. Quem sabe um dia eu não conto aqui quais são ;)

        Curtir

      • Como está ali em cima, o Feminismo é a luta por igualdade entre gêneros. Não se trata de oprimir os homens pelos direitos das mulheres nem sobre mulheres no poder e homens na servidão.
        Feminismo é sobre atribuir a todos, independente do gênero, os mesmos direitos e o mesmo poder de decisão sobre sua própria vida.
        Se você defende igualdade entre gêneros, é Feminista.

        Procura saber um pouquinho mais sobre o tema para não usar o termo “feminismo” da maneira incorreta. Pode ser bem esclarecedor ;)

        Curtir

      • André, eu mais do que ninguém sei o que eu sou, se eu não me considero feminista é por que tenho meus motivos, ok. Sei que o tema abrange mais do que a igualdade entre gêneros e exitem coisas que não concordo, então não vou abraçar uma causa que foge dos idéias que tenho pra mim. Digo e repito, tenho minhas próprias causas.

        :)

        Curtir

  2. Tava vendo um programa sobre isso hoje, e as próprias mulheres tão sendo machistas. EU não gosto nem de elogios vindos de estranhos no meio da rua, me incomoda, admito isso. Sobre o micro shorts que tu falou, já vi umas três com, literalmente, meia bunda de fora. É vulgar? DEMAIS, mas é direito delas usarem isso e não tem culpa alguma se sofrerem algum abuso.
    Amei teu post, de coração, curti mesmo ♥
    2Bjos
    Bia (apenasumahistoriadora.wordpress.com)

    Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s