Resenha: Cartas de Amor aos Mortos

“Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger… apesar dela jamais entregá-las à professora. O que parecia uma simples lição de casa logo se transforma na maneira de Laurel lidar com seu primeiro ano em uma escola nova e com a família despedaçada depois da morte de sua irmã”.

IMG_2912

Laurel está passando por um momento delicado em sua vida: ela é incapaz de entender o que aconteceu com sua irmã, May e de lidar com tudo o que aconteceu depois. May era uma garota incrível aos olhos de Laurel, ela era a estrela da família e sempre cativava todos a sua volta. E de repente ela se foi, deixando Laurel sozinha. Sua mãe também teve dificuldade em lidar com a situação e decidiu mudar-se para Califórnia por tempo indeterminado. Laurel intercalava as semanas entre a casa do seu pai onde o silencio pesado prevalecia e a casa da tia Amy, uma mulher religiosa, que tinha o objetivo maior de fazer Laurel aceitar Jesus no coração para que ela não tivesse o mesmo fim que sua irmã.

Para completar Laurel decidiu mudar de escola, ela está iniciando o ensino médio e iria para a mesma escola que May estudava, mas quer evitar os olhares de pena das pessoas que sabiam de tudo que aconteceu.  Mas, como nem tudo na vida é sofrimento, Laurel faz amizade com duas garotas na escola nova, Natalie e Hannah. Além disso, ela também se encantou por um garoto de outra turma, Sky, o garoto misterioso.

Na sua primeira tarefa de inglês, Laurel precisa escrever uma carta para alguma personalidade que já morreu, ela começa e não para mais, as cartas vão de Kurt Cobain à Amelia Earhart e em cada uma ela descreve situações que estão acontecendo na sua vida, que aconteceram com ela e May. Na história da pessoa pra qual ela está escrevendo ela tenta achar uma explicação para própria vida. Explica o medo de perder suas novas amigas, o conflito que Natalie e Hannah vivem por causa de escolhas que as duas tomaram, conta sobre seu relacionamento com Sky e sobre seus mais novos amigos, o casal Kristen e Tristan.

O livro inteiro nós vimos uma Laurel que vive as sombras da sua irmã, ela veste as roupas da irmã, tenta ter o mesmo estilo, faz coisas que nem sempre é bom para ela, como beber e fumar para se sentir interagida com os novos amigos. Ela foi negligenciada pela mãe que a abandonou ao mudar de cidade, pelo pai que está vivendo sua própria tristeza, pela tia Amy, que apesar de se importar muito com ela não a ouve.

Além disso, Laurel enxerga May com uma pessoa perfeita, mesmo que nas suas cartas há passagem que mostra May sendo negligente com sua irmã.

No decorrer de cada carta Laurel vai explicando mais o que aconteceu naquele dia na ponte, o que aconteceu antes e o que levou May a fazer o que fez. Nessa ela vai descobrindo como se sente em relação a isso e no final descobre que sim, May era uma grande irmã, mas também tinha suas imperfeições.

A história parece ser bem trágica e pesada, mas a forma como foi escrita, através das cartas da Laurel, fez a leitura ficar mais leve. Vou confessar que a escritora enrola bastante antes do desenvolvimento da história. Eu também tive vontade de dar uns tapas na May em alguns momentos haha, mas acho que é uma história bem válida e também acho que é um livro que poderia ser muito bem aproveitado para ser usado em salas de aulas com pré-adolescentes, você que ler a história vai entender (adoraria contar o porquê mas, seria spoiler!).

ATENÇÃO: se alguém leu ou ler o livro, por favor, venha aqui nos comentários conversar comigo por que eu quero muuuuuito falar sobre o final dele, sério gente, eu preciso debater sobre esse final hahaha

Cartas de amor aos mortos for escrito pela Ava Dellaira, é um publicação da Editora Seguinte e tem 337 páginas.

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: Cartas de Amor aos Mortos

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s