Conhecendo o cinema de Hitchcock

AlfredHitchcock

Para quem gosta de cinema uma coisa bem comum é procurar filmes de acordo com quem os dirigiu, por querer mais coisas similares àquele filme que nos agradou. Ultimamente ando vendo e revendo alguns filmes do Hitchcock e por isso decidi falar dele aqui. Mas Marcelo este cara morreu faz tempo, só tem filme velho e ultrapassado, porque você não fala de alguém atual? Bom, pessoas que pensam assim acabam perdendo a grande oportunidade conhecer grandes obras-primas e isso não vale só para o cinema. É claro que são filmes para serem vistos com outros olhos, devemos considerar a época em que foi filmado para avaliar coisas que talvez não pareçam bem-feitas ou soem estranhas, assim como um jogo de super-nintendo por exemplo que tem um gráfico “tosco” se comparado com um jogo atual, mas isso não significa que o jogo antigo não possa ser até melhor que o lançamento.

4907_004330
Disque M para Matar

Alfred Hitchcock era britânico e após se tornar um grande diretor na Inglaterra ele foi para os EUA aonde ganhou fama mundial emplacando diversos sucessos. Ele adorava trabalhar e fazia um filme atrás do outro, tendo deixado um legado de mais de 50 produções (não vi nem metade ainda x.x), sendo sua obra mais famosa Psicose (1960). Conhecido como o mestre do suspense ele sempre fez filmes que deixam o espectador preso na cadeira tentando descobrir o que vem a seguir, torcendo pela solução da situação, a salvação do protagonista ou até mesmo torcendo pelo vilão. Seus filmes também têm muita comédia, o próprio Hitchcock dizia que o público não aguenta duas horas só de suspense e era necessário dar um alivio ao público enquanto a história se desenrola, porém não espere um humor pastelão, mas sim de situação, algo realmente para deixar o clima mais leve.

rearhed
Janela Indiscreta

Apesar de ter feito tantos filmes ele seguia algumas fórmulas, que apesar de reutilizadas nunca pareciam batidas ou previsíveis. A incriminação de um homem inocente e sua busca pelo verdadeiro culpado ou espionagem internacional refletindo as guerras contemporâneas ao seu tempo são bons exemplos disso. Hitchcock foi um diretor ousado e sempre criava novas técnicas e soluções, em 1963 ele filmou Os Pássaros, que é sobre um ataque inesperado das aves contra a humanidade, hoje em dia seria fácil fazer algo assim, mas naquela época diversos efeitos foram utilizados para passar o maior realismo possível, hoje não soa tão real assim, mas ainda sim impressiona. As trilhas sonoras também sempre foram impressionantes e davam o tom de seus filmes, todos conhecem a cena do chuveiro em Psicose e sua música, trabalho da parceria com o gênio Bernard Herrmann.

6a00d8341e223753ef0192abfb10e2970d
Os Pássaros

Seus filmes também eram famosas pelas estrelas no elenco como Cary Grant, Ray Milland e James Stewart entre os protagonistas, já entre as atrizes destacam-se as famosas loiras de Hitchcock como Doris Day e Grace Kelly.

Enfim existem vários motivos para buscar a filmografia do Hitchcock e conhecer as obras-primas deste gênio. Para quem ficou curioso vou deixar uma lista com 7 filmes essenciais dele, já é um ótimo começo.

Rebecca, a Mulher Inesquecível (1940)

A Sombra de uma Dúvida (1943)

Disque M para Matar (1954)

Janela Indiscreta (1954)

Um Corpo que Cai (1958)

Psicose (1960)

Os Pássaros (1963)

Espero que tenham gostado, pretendo falar um pouco mais de cinema aqui então até a próxima.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s