5 lugares para comprar camisetas com estampas legais

Eu sempre fui aquela pessoa que adora ter uma camiseta daquela banda, filme, série, etc que eu amo. Ao mesmo tempo eu sou aquela pessoa que detesta aquelas camisetas padrões que vendem muito na galeria do rock, mas que você acha em qualquer lugar. Aquela com o logo do Ramones ou do Red Hot Chili Peppers são bons exemplos, qualquer chinês da galeria estampa aquilo e nem sabe do que se trata e isso me incomoda. Adoro comprar coisas feitas de fã para fã ou que pelo menos você percebe que houve vontade em fazer algo legal, também gosto daquela sensação de que só quem realmente curte o que minha camiseta diz que vai entender e por isso venho indicar algumas das lojas online mais legais para se comprar camisetas e outras coisinhas com temas da cultura pop em geral, então preparem as carteiras.

Reverbcity

reverbcity

Começando com a minha loja favorita de longe (já devo ter comprado mais de 10 modelos deles), as camisetas tem um tecido de qualidade e as estampas são lindas e todas feitas por eles. O foco deles é em bandas de rock, especialmente indies, mas eles tem muitas coisas fora disso, inclusive lançarão uma nova coleção inspirada em filmes em breve e eu estou bem ansioso.

Site: https://www.reverbcity.com/

Bendita Augusta

bendita

Esta loja também tem camisetas de qualidade e conta com alguns quiósques em SP além do site, as estampas variam bastante e são bem feitas e criativas, no momento eu tenho a camiseta do Taxi Driver deles e certamente gostaria de ter outras.

Como o site tá fora do ar no momento fico devendo fotos dos modelos.

Site: http://www.benditaaugusta.com.br/

Camiseteria

logo_camiseteria

Este é bem famoso principalmente porque quem desenha pode enviar sua arte e ganhar dinheiro caso eles lancem camiseta com ela. Como o site tem esta pegada a variedade nos temas das estampas é gigantesca, tem de tudo para agradar qualquer um, uma mais foda que a outra.

Site: http://www.camiseteria.com/

Printerama

topo-tumblr-01

Este possui estampas um pouco mais simples, porém de bom gostoso e bem criativas, mas o diferencial deles é que as estampas tem prazo. Todos mês eles disponibilizam alguns modelos e se não comprar naquele mês já era, ou quase, pois eles mantém uma seção com alguns modelos de sucesso.

Site: https://printerama.com.br/

Tee Now

ehbomsaber_teenowlogo

Neste site eu ainda não comprei infelizmente, mas tenho amigos que já. Eles também recebem artes de desenhistas e deixam as camisetas à venda por apenas 24 horas, a camiseta mais vendida da semana ganha mais dois dias no fim de semana e eles contam com um catálogo fixo. A variedade das estampas é imensa devido a esta forma de trabalho e sempre tem coisa legal por lá, só me falta dinheiro mesmo kk.

Site: http://teenow.com.br/

Além de tudo já citado eu quero destacar o carinho com que as encomendas vem, a maioria delas bem embaladas e a até o embrulho é bem bonito, com mimos como paper toys, balinhas ou folheto de agradecimento pela compra, o tipo de coisa que adoro. Conhecia alguma? Tem indicações também? Comente!

Anúncios

A vida de colecionador

collection

Ter centenas de livros, a discografia da sua banda favorita ou todos os videogames que você gosta são sonhos de consumo para uns e algo irrelevante para outros. O prazer em colecionar é algo realmente difícil de explicar para quem não coleciona, sempre vem a pergunta “para que comprar se eu posso ter isso de graça?” ou a afirmação de que o dinheiro deve ser gasto com coisas mais importantes, mas ter um hobby e consumir cultura é importante, porém não é um pensamento tão comum em nosso país.

Eu sou colecionador desde criança. Tive o prazer de crescer nos anos 90 e colecionar bolinhas de gude, tazos, cartinhas, cartões telefônicos, etc. Sempre fui a criança chata que preferia trocar figurinhas do que batê-las kkk, queria ter a coleção completa bonitinha e na ordem, tanto que ainda hoje guardo várias destas coleções e acabei trazendo este costume para a vida adulta.

Em 2007 comecei minha coleção de mangás e hoje tenho cerca de novecentas edições, comecei por causa da minha paixão por Os Cavaleiros do Zodíaco e a partir daí conheci muita coisa, especialmente na época que eu frequentava os eventos de anime. Hoje são poucos títulos que me interessam do que saí nas bancas, mas sempre confiro os lançamentos.

Minha outra grande coleção é de filmes, tenho uns duzentos filmes e a maioria deles em blu-ray. Comecei a coleção em 2012 por causa dos filmes da Disney, depois comecei a comprar os da Pixar e Studio Ghibli também, além dos filmes que não são de animação. Além destas coleções vez ou outra compro um livro ou CD (sim CD kkk), mas não tenho muitos não.

Por que colecionar?

Eu acredito que seja um ótimo hobby desde que feito de forma saudável, sem comprometer sua renda. Sobre gastar dinheiro à toa eu me pergunto se todos gastam todo seu dinheiro  nas coisas ditas como importantes e afirmo que todo dinheiro gasto com algo que você gosta é bem gasto.

O ponto mais importante em colecionar é valorizar o trabalho de quem fez, adquirindo um produto original você contribui para que aquele trabalho que te agradou se torne lucrativo. Fora isso também existe a qualidade que na maioria das vezes será a melhor possível e o prazer em ter aquele item em mãos, os mimos de uma edição especial, o cheiro de livro novo, folhear o encarte de um CD, etc. Colecionar é namorar aquela edição por meses e comprar assim que possível, ter todos os sites de compras nos favoritos, achar que ganhou na loteria quando encontra algo raro por um preço bom e pesquisar como se não houvesse amanhã, pequenos prazeres que só os admiradores de prateleiras conhecem kk.

Colecionar é muito bom e creio que farei isso para sempre. Alguém aqui coleciona também? Se sim, comente o que você coleciona.

10 musicais essenciais

lalalanddestaque

Se você gosta um pouquinho que seja de cinema já deve ter ouvido falar de La La Land, que é o filme do momento, o colecionador de globos de ouro, o novo recordista de indicações ao Oscar e que é um musical.

Este é um gênero que realmente divide opiniões na base do ame ou odeie e La La Land é um ótimo exemplo deste tipo de filme, um filme sobre sonhos que é o que são os musicais, se o espectador não for capaz de sonhar junto e acreditar que toda aquela cantoria é comum e aceitável naquele mundo, então ele nunca gostará de musicais. Musicais tiveram sua época de ouro entre os anos 30 e 50, mas hoje raramente são criados e são poucos que se tornam memoráveis. Para quem é novo nesta área ou sempre teve aquele preconceito com o estilo seguem 10 indicações de filmes essenciais para aprender a gostar dos musicais (e quem sabe sair por aí dançando no metrô).

01 – O Mágico de Oz (1939)

Este clássico absoluto do cinema conta a história da jovem Dorothy (Judy Garland) que após ver sua casinha no Kansas ser levada por um tornado acaba caindo no reino de Oz aonde inicia uma aventura na procura do Mágico de Oz (Frank Morgan), que supostamente é capaz de mandá-la de volta para casa.

Este filme é um marco para o cinema em vários aspectos, no caso da música a clássica “Somewhere Over the Rainbow” saiu dele, não conhece? Tenho certeza que sim, basta dar o play.

02 – Grease – Nos Tempos da Brilhantina (1978)

Este você já ouviu falar certo? É muito provável que seus pais gostem dele. O filme é ambientado nos anos 50, onde Danny (John Travolta) conhece Sandy (Olivia Newton John) durante suas férias e eles se apaixonam. Tudo parecia um amor de verão, afinal ela voltaria para sua casa na Austrália e ele para escola, porém no primeiro dia de aula Danny tem uma grata surpresa ao encontrar seu amor novamente e estudando na mesma escola.

O filme tem uma trama simples, mas bem amarrada, conta com ótimas músicas e boas atuações, um clássico blockbuster que vale a pena conferir.

03 – Cantando na Chuva (1952)

Outro clássico que sei que você já deve ter ouvido falar, talvez já tenha visto a cena da música título até, mas muita gente conhece e não viu. O filme com números musicais de tirar o fôlego fala sobre um momento importante do cinema, a transição do cinema mudo para o falado. Neste cenário temos Gene Kelly no papel de Don Lockwood, um ator famoso do cinema mudo tentando se adaptar as mudanças e Debbie Reynolds como Kethy Selden, uma jovem atriz tentando encontrar seu lugar.

04 – My Fair Lady (1964)

Ganhador do Oscar de melhor filme conta história de Eliza Doolittle (Audrey Hepburn), uma pobre vendedora de flores que encontra Henry Higgins (Rex Harrison), umprofessor de fonética arrogante que se gaba da sua capacidade de reconhecer sotaques. Ao ver Eliza, Henry se impressiona com a falta de modos e vocabulário dela, então faz uma aposta com seu amigo de que irá transform´-la em uma dama da alta sociedade.

Este é o meu favorito, não que seja o melhor, mas é o que mais me cativou. O fato de ter minha atriz favorita como protagonista ajuda é claro, mas o filme é muito bem dirigido, tem ótimas canções e um roteiro que prende apesar de ser longo.

05 – A Noviça Rebelde (1965)

Outro vencedor do Oscar de melhor filme é estrelado por Julie Andrews, o filme se passa na Austria onde a noviça Maria (Julie), que não consegue se adaptar ao convento, é enviada para ser governanta de uma família com 7 crianças e o pai Capitão Von Trapp (Christopher Plummer).

Este clássico obrigatório traz Julie Andrews em sua melhor forma com músicas inesquecíveis, algumas que talvez você até conheça como esta abaixo.

06 – O Fantasma da Ópera (2004)

Este é um remake de uma obra dos anos 40. Conta a história de Erik, o fantasma (Gerrad Buttler) e Cristine Daaé (Emy Russum). Ele é um professor oculto de Cristine, ajudando-a conseguir um papel importante no espetáculo, porém a partir disso muitas coisas ocorrem nesta relação estranha.

Este filme é lindo visualmente, conta com músicas maravilhosas e uma trama cheia de dramas, sofrimentos e paixões. Recomendo muito.

07 – Mary Poppins (1964)

Um filme da Disney com a Julie Andrews no papel-título que lhe rendeu o Oscar de melhor atriz. Na casa de um banqueiro (Glynis Johns) seus dois filhos não dão sossego as babás que se demitem uma após a outra, até que magicamente Mary Poppins desce do céu com sua bolsa e guarda-chuva, dizendo ser a pessoa perfeita para resolver o problema e ela resolve de um jeito bem peculiar e com muita música.

Um filme atemporal e indicado para crianças de qualquer idade, essencial para a vida. Se uma palavra pode definir este filme, esta palavra é supercalifragilisticexpialidocius, assista abaixo e entenderá.

08 – Across the Universe (2007)

Se você curte Beatles vai amar, se não curte vai aprender a curtir. O filme se passa nos anos 60 contando a história de amor entre Jude (Jim Sturgess) e Lucy (Evan Rchael Wood) em meio a todas as transformações e acontecimentos daquela época.

Todas as músicas e nomes dos personagens são baseados na obra dos garotos de Liverpool, nem precisa de mais do que isso pra ver agora, mas segue um aperitivo.

09 – Nasce Uma Estrela (1954)

Este musical com um clima mais sério é estrelado por Judy Garland como Esther Blodgett e James Maison como Norman Maine. Enquanto ele é um astro decadente do cinema, ela é uma aspirante a estrela. Os dois tem um relacionamento que não consegue ser separado de suas vidas profissionais, o que leva a vários acontecimentos.

Um filme que vale a pena assistir, com boas músicas e uma história interessante que te fará lembrar por dias.

10 – Os Miseráveis (2012)

Este aqui eu só recomendo para quem já está acostumado com isso de musical, pois o filme é diferente tudo, ele é totalmente cantando, isso mesmo, todos os diálogos são cantados. Hugh Jackman é Jean Valjean, um ex-criminoso que é perdoado e ajudado por um padre, desde então ele decide dedicar a sua vida a ser um bom homem e digno da confiança que lhe foi dada, porém  Javert (Rusell Crowe), um policial que leva a lei acima de tudo não está disposto a deixar que Jean Valjean fique impune.

Este filme é um clássico moderno, não sei como não levou o Oscar, merece muito ser visto.

3 joguinhos para matar o tempo

Esse era para ser um post bem elaborado sobre várias dicas legais de app de jogos mas, a verdade é que eu tô sem tempo haha Então fiz essa listinha com 3 joguinhos que gosto bastante, que são bobinhos mas, que são divertidos até.

flow-free

Flow Free: um jogo onde você tem que, basicamente ligar os pontos, ou melhor, as bolinhas de mesma cor, além disso não pode ficar nenhum espaço vazio na tela. Bem desafiador.

App Store | Google Play

 

bobble

Bubble Shooter: Você tem que acertar uma bola na correspondete da sua cor, desde que seja mais de 3, e eliminá-las, até não sobrar nenhuma bolinha.

App Store | Google Play

 

cinema-quiz

Cinema Quiz: meu favorito, ele te dá uma imagem e você tem que adivinhar o nome do filme. Facinho né, só que não porque tem filmes que, gente, nunca vi na vida. O ponto negativo desse app são as inúmeras propagandas.

App Store | Google Play (versão similar)

 

 

 

 

Divirtam-se :)

banner-beda

São Paulo vs New York Fashion Week

Sim, eu gosto de moda. Eu sei gente, eu sei haha

Não vou dizer que sigo todas as tendências nem que tenho vários must haves no meu armário, mas é que eu tenho uma certa facilidade para entender e decorar o que está na moda e tal, e sim, é um assunto que muito me interessa, fazer o que.

Falando nisso, amanhã (18) começa a São Paulo Fashion Week que está comemorando 20 anos e está na sua 40º edição. E esse ano tem até Alexandre Herchcovitch fazendo desfile na prefeitura de São Paulo e o convite foi em forma de bilhete único para incentivar os convidados a irem de transporte publico para o local do evento.

Há algumas semanas atrás ocorreu o New York Fashion Week e o site Stylight montou um infográfico para mostrar a diferença entre as duas fashions weeks. “Aqui, lançamos a coleção de Inverno. Lá, as roupas de Verão é que vão brilhar na passarela. Por aqui, o salto alto domina entre as convidadas do evento. Lá, o street style é que tem vez.”

001

Matéria completa no site Stylight.

Desenhos que marcaram época

Esse post é um oferecimento dos migos que me deram a ideia do tema e de como montar ele aqui no blog.

Eu sou da época da TV Globinho, do tazo no salgadinho, da pokebola da tampa do guaraná Antártica, do kinder ovo que não era caro, das fichas de telefone, do Master Systen, Mega Drive e Nintendo 64, dos jogos que não dava para salvar e nenhum programa de tv dava video game de premio. A nossa diversão principal era ver desenhos e filmes na sessão da tarde, brincar de bola na rua e escrever em caderninhos bonitos. Desculpem vocês mais novos ou muito mais velhos, mas essa foi a MELHOR época do universo e, junto com ela, vem aqueles desenhos que tem um lugarzinho especial no coração.

Dragon Ball Z: o principal desenho da vida de um menino ou de uma menina que tem um irmão mais velho ~aka euzinha~ ele passava bem na hora do almoço, então ou a gente chegava da escola e ia assistir ou via enquanto almoçava antes de ir pra aula. E eu sei que você levantava os braços e mandava energia pro Goku fazer a genki dama.

Ursinhos Carinhosos: muito amado pelas meninas e desprezado pelos meninos, era um desenho que passava no SBT quando eu tinha uns 4 anos de idade, isso era 1997, mais ou menos. Só que a série nasceu em 1985 e contava a história de uma família de ursinhos que ajudavam as pessoas a terem bons sentimentos e protegiam a terra das sombras do mal e do vilão Coração Gelado. Hoje fizeram uma versão 3d dele que não chega nem aos pés da versão antiga.

Bananas de Pijama: igualzinho ao desenho anterior, foi exibido na mesma época, no mesmo canal. Também fizeram uma versão nova que também deixa a desejar. Já reparam que o desenho era sobre bananas falantes que moravam em uma casa e ficavam de pijama o dia todo? Inclusive quando eles iam à praia. Pois é.

O Pequeno Urso: principal desenho na formação de uma criança dos anos 90, ele era transmitido pela Tv Cultura e contava a história de uma família de ursos: a Mamãe Urso, o Papai Urso e o Pequeno Urso que tinha vários amigos, o Gato, a Coruja, a Pata e a Galinha e, juntos, eles se aventuravam pela floresta. Além disso, a família Urso tinha uma amiga humana, a Emily.

Thundercats: Tá aí um desenho que eu não gostava muito, era da década de 80 e 90. A história era de felinos sobreviventes do planeta Thundera que acabam  parando no “Terceiro Mundo”, após seu planeta ser destruído. Só que nesse novo lugar há o Mumm-Ra, um feiticeiro demoníaco mumificado que toma conhecimento do Olho de Thundera, guardada por Lion-O, jovem líder dos Thundercats. Mumm-Ra recruta os mutantes para roubar o Olho e destruir os felinos.

Pica-Pau: melhor desenho ever. Ele passou por várias mudanças de estilo: a primeira é uma versão malvada do personagem, ele era louco e tinha até dentes, isso foi em 1940, ano da sua criação. Nos anos 50 sua aparência foi simplificada, ele perdeu seu olhar de louco, sua estatura e barriga foram diminuída  e em 1999 ele voltou a ter os olhos verdes e o topete para trás, mas as principais características da versão anterior permaneceram. Hoje tem a versão mais “digitalizada”, digamos, que não deixa nada a desejar. Como a apertura do Pica-Pau é curtinha eu decidi por essa playlist que achei no Youtube com alguns episódios do desenho.

Tom e Jerry: segundo melhor desenho ever, anos, muitos anos sem dizer uma unica palavra e divertindo muito. A série foi criada pelos grandes William Hanna e Joseph Barbera em 1940.

É claro que existe muuuitos outros desenhos da mesma época tão notáveis quanto, mas deixa para um próximo post :)

Paris vs New York na Fashion Week

Há um bom tempo atrás eu postei aqui as ilustrações do Vahram Muratyan que mostram as diferenças entre Paris e Nova York, a principio as ilustrações eram publicadas em um blog e depois virou um lindo livro com o título de Paris versus New York.

Aproveitando a semana da moda em Nova York e Paris, o site Stylight Brasil montou um infográfico mostrando as principais diferenças entre essas cidades na tão badalada Fashion Week. Olha só:

NYvsPARIS_infografico

Eu nunca fui numa Fashion Week e, quem está de longe não nota todas essas diferenças. Acho muita sensibilidade conseguir capturar todos esses detalhes. Muito legal né!

Simon’s Cat

Simon’s cat é uma série de desenhos criado pelo animador britânico Simon Tofield. O canal com mais te 3 milhões de inscritos no Youtube, conta as trapalhadas do gato do Simon. O bichano sempre pede por comida, espalha o caos por onde passa e não gosta muito do outro gatinho da casa. Pode falar, lembrou um pouquinho do Garfield né. É a prova de que todo gato é igual e sim, eles vão dominar o mundo e estão começando pelo Youtube haha

O guia das bruxas mais populares da história

A verdade é, eu sempre gostei mais das bruxas das histórias que eu lia do que das princesas. Logo o Dia das Bruxas sempre me foi uma data muito querida. Bem no Halloween desse ano eu vi no site Stylight um super infográfico que mostra todas as bruxas mais pop da história.

Vendo assim, uma do ladinho da outra da pra perceber o porquê sempre vamos gostar de ver bruxas nos filmes ou em séries, o mercado cinematográfico consegue criar muito bem vários estilos, tem bruxa pra tudo quanto é gosto, sem contar as boas adaptações feitas de livros, por exemplo, (não da história em si, mas sim do personagem).

Ou seja, nem toda feiticeira é corcunda ou usa um chapéu pontudo ou se veste com trapinhos (Bruxa Boa do Norte sambando na cara da sociedade haha).

As-bruxasNão me julguem, mas a minha favorita é a Bruxa Lezah do Looney Tunes <3 

Ainda dá tempo: Obsessão Infinita e Anime Friends

Eu sei que tá super em cima da hora mas, tem dois eventos rolando em São Paulo que você que é da região não pode deixar de ir.

O primeiro é a tão fala exposição “Obsessão Infinita” da Yayoi Kusama. Eu fui sábado passado, fiquei duas horas na fila para entrar e mais cerca de meia hora na fila de cada sala. Valeu a pena? Cada segundo! As sala são incríveis, não tem como não sentir uma emoção brotando no peito a cada ambiente criado por ela. Tem até uma sala temática onde, na entrada, entregam uma cartela de adesivos de bolinhas, aí você entra no ambiente e cola os adesivos onde quiser. É muito amor, gente <3

Onde: Instituto Tomie Otahke, Av. Faria Lima, 201. Entrada pela rua Coropés – Pinheiros, São Paulo – SP (próximo ao metrô Faria Lima – linha amarela da CPTM)
Horário: das 11 às 20 horas, entrada na fila até às 17 horas.
Quanto: gratuito
Até quando: até 27 de julho (domingo)
Site

Me desculpem as fotos a seguir, mas é que eu tirei do celular, então a qualidade deixa a desejar. Prometo que na próxima tiro de uma câmera descente.

432

447

470

475

482

491

O segundo é o Anime Friends, o maior evento de entretenimento pop da America Latina com foco na cultura japonesa. Faz, pelo menos, uns 6 anos que vou neste evento, sempre fico descontente com alguma coisa mas, este ano os organizadores estão de parabéns. Os standers estavam bem divididos, sem muvuca na área de compras, as salas temáticas estão divididas por temas e num espaço bem confortável. Os banheiros estavam sempre limpinhos (o ano passado era químico, eca), o Yakissoba caprichado de R$15,00 estava uma delicia haha.

Se você gosta de anime, mangá, cultura japonesa, Harry Potter, Star Wars, Lego, cosplay, cultura medieval, jogos, RPG, Magic, shows e tudo que envolve o mundo “nerd”, você não pode perder, porque este ano realmente o Anime Friends estava bom.

Onde: Campo de Marte, Av. Santos Dumont, 2241 – Santana, São Paulo – SP (próximo ao metrô Santana, linha azul da CPTM)
Horário: das 10:00 até às 21:00
Até quando: 24 (inicio às 12:00), 25, 26 e 27 de julho.
Quanto: entre R$30,00 à R$50,00
Site

008

010

011

015

023

030

032

038